Empresas inativas podem perder nome empresarial em Goiás

Usuário poderá checar a situação do registro empresarial pelo site da Juceg, no link “Reativação de Empresas”

Por conta de inatividade nos últimos 10 anos, mais de 30 mil empresas podem perder a proteção do nome empresarial em Goiás. A lista com as empresas que não procederam com arquivamento em seu registro desde 31 de dezembro de 2007 foi divulgada pela Junta Comercial de Goiás (Juceg).

O usuário poderá checar a situação do registro empresarial pelo site da Juceg, no link “Reativação de Empresas” de duas formas: ou pela lista onde constam os 31.021 registros passíveis de cancelamento ou apenas digitando o NIRE da empresa.

O edital de cancelamento das empresas inativas na última década foi publicado no Diário Oficial do Estado no dia 27 de outubro de 2017. O cancelamento cumpre a legislação federal (Lei 8.934/94) e as normas previstas pela instrução normativa de n° 5 de 2013, do Departamento Nacional de Registro Empresarial e Integração (Drei).

Os responsáveis pelas empresas poderão solicitar o arquivamento também pelo site da Juceg, clicando em “Comunicação de Funcionamento”, “Comunicação de Paralisação Temporária de Atividades” até 27 de novembro de 2017 ou, se preferirem, se direcionar a uma das 47 unidades físicas da Junta para efetuar o procedimento.

Caso não seja promovido nenhum dos comunicados citados acima em tempo hábil, os respectivos registros empresariais serão declarados inativos, perdendo, automaticamente, a proteção do nome empresarial, com a devida comunicação às autoridades. 

Via O Hoje

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *