Confiança do empresário da indústria fica estável de junho para julho

O Índice de Confiança da Indústria, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), ficou estável na passagem de junho e julho deste ano. O indicador manteve-se em 100,1 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

De junho para julho, houve aumento da confiança em 11 segmentos dos 19 pesquisados. Oito tiveram queda. O Índice da Situação Atual, que mede a confiança do empresário da indústria no momento presente, avançou 3,9 pontos e chegou a 99 pontos.

De acordo com a FGV, a normalização dos estoques depois da greve dos caminhoneiros, ocorrida no final de maio, foi o principal motivo da alta do Índice da Situação Atual.

O Índice de Expectativas, que mede a confiança dos empresários em relação aos próximos meses, recuou 3,9 pontos e passou para 101,1 pontos. O principal motivo para a queda foi o recuo da expectativa em relação à evolução do pessoal ocupado.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada recuou 0,5 ponto percentual de junho para julho e passou para 75,7%.

Via Agência Brasil

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *