Estado reduz gastos com pessoal; investimentos caem

O balanço das contas do governo estadual no primeiro semestre mostra que os esforços para reduzir os gastos com pessoal começaram a fazer efeito. A soma destas despesas foi de R$ 5,7 bilhões, contra R$ 5,3 bilhões no mesmo período do ano passado. Apesar do crescimento nominal de cerca de R$ 400 milhões e de o volume continuar alto, houve recuo de pouco mais de R$ 100 milhões se for considerada a inflação.

O peso do funcionalismo também caiu em relação à receita. O Estado arrecadou R$ 9,87 bilhões nos primeiros seis meses de 2016 e o porcentual de gastos totais com pessoal foi de 58%. Há um ano, chegava perto de 60% e a arrecadação chegou a R$ 8,89 bilhões. O refresco na folha não repercutiu, no entanto, em melhora no nível de investimentos. As contas revelam que entre janeiro e junho de 2015 o governo havia investido R$ 476,2 milhões. Agora, estas despesas chegaram a R$ 185,1 milhões, uma queda de 61%. O patamar é semelhante ao de 2013, mas muito inferior ao de 2014, quando o governo investiu R$ 807 milhões no primeiro semestre, às vésperas de eleições.

Via O Popular | Caio Salgado

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *