Brasil quer fortalecer parceria com a Alemanha na indústria 4.0
Intenção é acompanhar a chamada 4ª Revolução Industrial, baseada na integração digital de etapas da cadeia produtiva
O Brasil articula para que as empresas do País acompanhem as tendências da Indústria 4.0, termo de origem alemã que simboliza a 4ª Revolução Industrial, baseada na integração digital de etapas da cadeia produtiva.

O secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Alvaro Prata, defendeu esse esforço nacional no 34º Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que ocorreu neste mês em Weimar.

A parceria com os alemães em inovação será levada a duas reuniões de ministros de ciência e tecnologia que serão realizadas de 3 a 6 de novembro, em Pequim, na China, com líderes do G20 e do Grupo Carnegie.

“A Alemanha é um grande parceiro industrial do Brasil. Nós estamos falando de mais de 1,5 mil empresas alemãs no País. Temos uma longa tradição de parceria acadêmica e industrial”, diz o secretário. “E precisamos, mais e mais, de nos envolvermos na cooperação bilateral em inovação. A Indústria 4.0, que envolve uma nova revolução industrial, passando pela manufatura avançada, é um tema de grande importância para o País e para o nosso ministério.

Fonte: Portal Brasil, com informações do MCTIC

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *